"Solicitadores e agentes de execução querem a demissão do presidente da CPAS" - Vida Económica

Solicitadores e agentes de execução aprovaram, por votação secreta, um voto de censura ao presidente da Direção da CPAS, Carlos Pinto Abreu, por 125 votos a favor, um contra e uma abstenção, confirmando um requerimento apresentado por associados da Ordem dos Solicitadores e dos Agentes de Execução (OSAE), no qual solicitam a demissão do presidente da Direção da Caixa de Previdência dos Advogados e Solicitadores (CPAS) por iniciativa própria ou, caso isso não se verifique, através do Conselho Geral. Justificam a medida pelos “danos à fidúcia causados à instituição e os riscos que gerou para a sua continuidade, com as opções assumidas nos últimos meses, que ameaçam esvaziar a Caixa de contribuintes” (...).

Leia a notícia completa aqui.

Publicado a 27/11/2020

A Ordem na Imprensa